Artigos Recentes

Artigos

  • Não Desprezem as Profecias (parte I)

    Publicado por Pr. Marcos Freire

    1 Comentário

        Hoje, inicio a série de mensagens: “Não desprezem as profecias” (1 Ts. 5.20). Isto disse o apóstolo Paulo em virtude da grande importância das profecias na vida dos salvos. Elas consolam e aquecem a nossa fé. Num mundo cético, enceguecido às verdades bíblicas, a Palavra profética é um golpe à mente científica (boa parte dela) que busca ridicularizar a Bíblia.

       O assunto é muito vasto e, por isso, me vejo numa situação bem difícil. Não é nada fácil colocar assunto de tão solene importância em uma série de quatro ou seis mensagens. Mas, na dependência do Senhor, pretendo, com muita objetividade, mostrar o que Deus está fazendo e, com toda certeza, ainda fará neste mundo no cumprimento preciso das profecias.

       Antes de concluir esta reflexão convém ajudar alguns crentes que possam, diante do cumprimento preciso das profecias, sentir uma “pitada” de medo, Não se aflija. Não se condene como “alguém que não tem fé”. Na realidade é – maioria das vezes – o nosso “eu”, consciente da nossa nulidade diante de um Deus tremendamente santo! Em lugar de desculpar-se, mire-se como alguém que ama, respeita e teme o Deus de Israel! Faça, então, como o publicano da parábola de Lucas 18.13-14. Certamente, como aquele, o irmão será justificado. Cabe também, um apelo para os que têm mede de ver que “o dia do Senhor se aproxima”. Pecados ocultos, vida negligenciada e “amor ao presente século” podem, também, produzir medo. Mesmo assim, quando tal acontece, o medo ainda é benéfico. O coração não está cauterizado e nem insensível às verdades bíblicas. É hora, então, de deixar de encobrir as transgressões e confessá-las diante do Senhor. Assim agindo, certamente alcançamos misericórdia (Pv. 28.13).

       Que ao findar a série de mensagens “Não desprezem as profecias”, os amados sejam gratos ao Eterno por fazerem parte da multidão dos “Bem-aventurados aqueles que lêem as palavras desta profecia e felizes aqueles que ouvem e guardam ao que nela está escrito, porque o tempo está próximo” (Apocalipse 1.3).

    Pr. Marcos Freire

Comentar

  • Nome
  • E-mail
  • Mensagem